Comandante iraniano é morto no Iraque por míssil estadunidense

Comandante iraniano é morto no Iraque por míssil estadunidense

Um ataque de míssil lançado perto do Aeroporto Internacional de Bagdá (capital) causou a morte do comandante iraniano da Força Quds, general Qassem Soleimani, conforme relatado pelas Forças de Mobilização Popular (FMP).

A Força Quds faz parte da Guarda Revolucionária Iraniana que apóia a luta contra o terrorismo na Síria e no Iraque, uma vez que é a unidade encarregada de operações especiais realizadas fora do país.

Da mesma forma, a mídia local relatou a morte do vice-presidente da FMP, Abu Mahdi al Muhandis, que acompanhou Soleimani quando o veículo em que ele estava viajando foi atingido por um dos mísseis enquanto viajava na rodovia do aeroporto.

O Departamento de Defesa dos EUA (Pentágono) confirmou que o presidente Donald Trump deu a ordem de "matar" o general iraniano Qasem Soleimani no Iraque.

A morte de  Soleimani deve aumentar ainda mais as tensões entre EUA e Irã na região tendo como palco o Iraque.