Caixa vai injetar R$ 43 bilhões para habitação

Caixa vai injetar R$ 43 bilhões para habitação

Em uma crise, como a atual causada pela pandemia de Covid-19, a importância dos bancos públicos se destaca no socorro à economia para amenizar o caos. A Caixa anunciou que vai injetar R$ 43 bilhões no financiamento no mercado de crédito imobiliário.


A intenção é impedir que empresas parem as obras em andamento e demitam os trabalhadores, ao colaborar com o financiamento da casa própria do brasileiro ou ajudar quem está com dificuldade para pagar o que já contratou. O país possui 530 mil unidades habitacionais em construção, que são responsáveis pela geração de 1,2 milhão de empregos diretos e indiretos.


Antes da crise, o governo começou a fatiar o único banco 100% público. Mas, como a Caixa não foi privatizada, vai oferecer carência para novos financiamentos, aumentar o tempo de pausa nos contratos e renegociar dívidas, tanto para pessoas físicas quanto para as construtoras.  


Principal operadora das políticas públicas, gerando emprego e renda e desenvolvimento para o Brasil, especialmente no setor de habitação, a instituição financeira teve, em 2019, saldo da carteira de crédito habitacional de R$ 465,1 bilhões. Diferente dos privados, que só visam o lucro, o papel da estatal é oferecer subsídios para a sociedade se manter. 


A Caixa ampliou o prazo de vencimento de laudos e avaliações. Para evitar aglomerações nas agências, os serviços podem ser realizados através do Internet Banking e App Habitação, ou pelos telefones 3004-1105 e 0800 726 0505, opção 7, ou do número 0800 726 8068 para renegociação de contrato. 

Fonte: Sindicato dos Bancário (BA)