Bolsonaro é alvo de nova denúncia no Tribunal Penal Internacional por crime contra a humanidade

Bolsonaro é alvo de nova denúncia no Tribunal Penal Internacional por crime contra a humanidade

O presidente Jair Bolsonaro foi mais uma vez denunciado no Tribunal Penal Internacional (TPI), que tem sede em Haia, nos Países Baixos, por genocídio e crimes contra a humanidade em meio à pandemia do coronavírus.

Esta é a segunda ação movida contra o presidente durante o surto da doença. Desta vez, quem acusa Bolsonaro é José Manoel Pereira Gonçalves, coordenador do grupo Engenheiros pela Democracia.

Na ação, Gonçalves diz que o presidente tem negligenciado as principais recomendações contra o Covid-19, como o isolamento social, algo que é defendido por autoridades de saúde do país e do mundo.

No começo deste mês, a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) também protocolou uma representação no Tribunal Penal Internacional contra o presidente. Bolsonaro foi acusado de cometer crime contra a humanidade ao expor a população ao contágio do vírus.

Além de constantemente minimizar a doença e pregar o retorno da população ao trabalho, o presidente voltou a desrespeitar as recomendações de isolamento e participou de um ato em Brasília neste domingo (19/04). O protesto clamava pelo fechamento do Congresso Nacional, por uma intervenção militar com o presidente e por um novo AI-5.

Fonte: Opera Mundi