Barroso reage a ato golpista apoiado por Bolsonaro: “Assustador”

Barroso reage a ato golpista apoiado por Bolsonaro: “Assustador”

O ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, criticou os atos realizados em prol de uma intervenção militar no Brasil neste domingo (19). O presidente Jair Bolsonaro participou do ato e insuflou apoiadores.

“É assustador ver manifestações pela volta do regime militar, após 30 anos de democracia. Defender a Constituição e as instituições democráticas faz parte do meu papel e do meu dever”, escreveu o ministro. Ele cita o ativista Martin Luther King: “Pior do que o grito dos maus é o silêncio dos bons”.

Barroso ainda afirmou que “só pode desejar intervenção militar quem perdeu a fé no futuro e sonha com um passado que nunca houve”. “Ditaduras vêm com violência contra os adversários, censura e intolerância. Pessoas de bem e que amam o Brasil não desejam isso”, completou.

OAB

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, criticou diretamente Bolsonaro e pregou uma união dos democratas em prol da liberdade. “O presidente da república atravessou o Rubicão. A sorte da democracia brasileira está lançada, hora dos democratas se unirem, superando dificuldades e divergências, em nome do bem maior chamado LIBERDADE!”, disse.

Golpe em curso?

Desmoralizado diante da opinião pública, o clã Bolsonaro parece preparar terreno para uma escalada autoritária. O ex-capitão insuflou os seguidores em aceno a uma escalada autoritária durante manifestação convocada em razão do Dia do Exército que pediu uma intervenção militar no país.

 “Vocês estão aqui porque acreditam no Brasil. Nós não queremos negociar nada, nós queremos é ação pelo Brasil. Nós temos um novo Brasil pela frente. Todos, sem exceção, têm que ser patriotas e acreditar, fazer sua parte, para colocar o Brasil num lugar de destaque e liderança”, afirmou.

Oposição

Lideranças do campo progressista se manifestaram contra a postura de Bolsonaro. O ex-ministro Fernando Haddad e o líder do MTST, Guilherme Boulos, defenderam a queda do presidente. “O dia do fora já chegou!”, publicou o candidato do PT à presidência nas eleições de 2018.

Fonte: Revista Forum